A experiência da humanização com pacientes oncológicos em uma unidade de quimioterapia

LS Lopes, MJC Vegro

Resumo


Falar sobre câncer não é um assunto dos mais agradáveis, vivenciá-lo menos ainda. A palavra câncer age causando impacto e temor quando pronunciada, acarretando implicações muito amplas no corpo e na vida de quem o vive. A humanização em oncologia é de suma importância, exigindo um envolvimento de toda equipe já que o processo de recuperação do paciente envolve os processos clínicos, psicológicos e sociais, bem como todos os envolvidos, pacientes, familiares e os profissionais. Qualquer tipo de tumor gera uma ansiedade muito grande, causando diversos distúrbios psicológicos e emocionais, ficando muito evidente nos indivíduos, já que o câncer tem um estigma muito forte que estimula um grande isolamento dos pacientes, evitando o convívio social com receio de serem rejeitados pela sociedade. Os instrumentos utilizados foram diversas técnicas lúdicas terapêuticas como bingo, “doutores da alegria”, confraternizações e dinâmicas de grupo sempre com o intuito de amenizar o sofrimento, proporcionando um atendimento mais humanizado, permitindo ao paciente a expressão livre de sentimentos, transformando o tempo ocioso em algo produtivo. Como resultado percebeu-se a diminuição da ansiedade e maior aderência ao tratamento, minimizando os efeitos colaterais pós quimioterapia. Concluiu-se que com as técnicas de humanização consegue-se a promoção do bem estar físico e psíquico, contribuindo para o aumento da auto-estima, promovendo sensação de bem estar e alegria, contribuindo para todo processo de socialização que é necessário à recuperação do paciente.

Texto completo:

PDF


Indexação em Base de Dados (Catálogo de Revistas Científicas)
  • BBO - Bibliografia Brasileira de Odontologia
  • BVS – Biblioteca Virtual em Saúde
  • BIREME - Portal de Revistas Científicas em Ciências da Saúde
  • LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe
  • SEER - Diretório de Revistas Brasileiras em SEER
  • DIADORIM - Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras
  • PKP - Public Knowledge Project
  • SCHOLAR GOOGLE