Trombose de veia mesentérica superior: relato de caso

Talita Costa Barbosa, Amanda Oliva Spaziani, Stephanie Tiosso Fontes Monteiro, Trícia Aline Ribeiro Pattini de Souza, Gustavo Rivelli Lamboglia, Rodrigo João Lopes Taveiros, Marcos Rogério Marques, Ana Carolina Borges Gorga, André Fraga Rueda, Clerson Rodrigues Manaia, Cleidjane Furtado Rezende, Pedro Gomes Barbosa Junior, Leonardo Faidiga

Resumo


A trombose venosa mesentérica é uma causa rara de isquémia mesentérica, potencialmente letal. A sua apresentação é insidiosa, o que dificulta o seu diagnóstico em fase inicial. Sexo masculino, recebido em unidade de urgência com dor em região periumbilical há 15 dias evoluindo para dor intensa há 4 dias. Procedeu-se ao exame do abdome que se apresentou globoso, flácido e doloroso a palpação em lado direito com ruídos hidroaéreos presentes. Já a tomografia de abdômen total, apresentou derrame pleural, borramento da gordura com formação de coleção em região de hipocôndrio direito, presença de trombo em veia porta, placas de calcificações em parede de aorta, artérias ilíacas e femorais, cisto cortical em rim esquerdo. Foi diagnosticado com trombose em veia mesentérica superior. A conduta adotada foi laparotomia exploradora, enterectomia parcial e enterro anastomose, em caráter de urgência. Realizado incisão xifo-púbica, identificada isquemia de alça de delgado 20 cm da válvula íleo cecal, feita enterectomia de 40 cm, com saída de trombos de vasos ressecados, ligadura e verificada hemostasia, confeccionada anastomose entérica término terminal. Após vinte e nove dias, obteve alta hospitalar. Em termos gerais a trombose de veia mesentérica apresenta-se clinicamente sob as formas: aguda, subaguda ou crónica. Na forma aguda a sintomatologia é exuberante, desproporcional e com rápida evolução. Na subaguda a dor abdominal persiste ao longo de dias ou semanas. Na forma crónica não ocorrem sintomas durante a instalação de trombose. Destaca-se a importância dos exames de imagem para o diagnóstico

Descritores: Oclusão Vascular Mesentérica; Dor Abdominal; Serviços Médicos de Emergência.

Referências

  1. Oliveira PH, Oliveira AH, Costa M, Silva A. Trombose Venosa Mesentérica: uma causa rara de oclusão intestinal. Rev Port Cir. 2012;22:61-6.
  2. Felga GEG, Forn CG, Pinto JRF, Chebli JMF, Gaburri PD, Souza AFM et al. Trombose venosa mesentérica subaguda. HU Revista. 2003;29(3):488-89.
  3. Bassani E, Iglesias GA, Souza MAR, Funes H, Funes F. Trombose Venosa Mesentérica em paciente com apendicite aguda. 2014. Disponível em: <https://faceres.com.br/wp-content/ uploads/ 2014/01/trombose-venosa-mesenterica-em-pacientes-com-apendicite-aguda.pdf>. Acesso em: 09 fev. 2019.
  4. Simão JL, De Nadai LC, Giacon PP, Lopes MAM. Uso de contraceptivos orais induzindo trombose mesentérica. Rev Bras Hematol Hemoter. 2008;30(1):75-7. 
  5. Artifon ELA, Couto-Júnior DS, Fraga GP, Sakai O, Rasslan S. Endoscopic ultrasound (EUS) diagnosis of blunt pancreatic trauma associated to the superior mesenteric vein thrombosis. ABCD, arq. bras. cir. dig. 2010;23(1):64-6.
  6. Muñoz S, Cubo P, González-Castillo J, Nuevo JA, Garcia-Lamberechts EJ, Sanz A.  Superior mesenteric venous thrombosis: a retrospective study of thirteen cases. Rev. esp. enferm. dig. 2004;96(6):385-94.
  7. Caldeira A, Martin F, Pereira E, Sousa R, Gonçalves R, Tristan J et al . Contribuição de Ultrasonografia Abdominal no diagnóstico da Trombose Mesentérica. J Port Gastrenterol.  2009; 16(4):154-58.
  8. Tiago J, Ministro A, Nunes JS, Fernandes JF. Isquémia Mesentérica Aguda: cinco anos de experiência institucional (2007-12). Angiol Cir Vasc. 2013;9(1):11-6.
  9. Flis V, Mrdža B, Štirn B, Milotic F, Kobilica N, Bergauer A. Revascularização da artéria mesentérica superior isolada para tratamento de isquemia mesentérica crônica. Wiener Klinische Wochenschrift, 2015. 128(3-4):109-13.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21270/archi.v8i12.4806

Indexação em Base de Dados (Catálogo de Revistas Científicas)
  • BBO - Bibliografia Brasileira de Odontologia
  • BVS – Biblioteca Virtual em Saúde
  • BIREME - Portal de Revistas Científicas em Ciências da Saúde
  • LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe
  • SEER - Diretório de Revistas Brasileiras em SEER
  • DIADORIM - Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras
  • PKP - Public Knowledge Project
  • SCHOLAR GOOGLE