Autoestima: representação social dos calouros de Odontologia da FOA/UNESP 2018

Pinheiro LV, Pereira BM, Silva EM, Ferrari VC, Sachi VP, Araujo HC, Galhego-Garcia W

Resumo


A representação social é um conhecimento socialmente elaborado e partilhado, com a finalidade prática de construir uma realidade comum a um conjunto social. Com o objetivo de produzir material próprio e autoconhecimento, 94 alunos calouros da FOA/UNESP 2018, sendo 68 mulheres e 26 homens, quando confrontados com a categoria "AUTOESTIMA" evocaram 13 categorias assim distribuídas: HOMENS - amor próprio (39), confiança (33), emoções (29), personalidade (24), individualidade (14) e êxito (10); MULHERES - amor próprio (78), emoções (69), julgamento (55), confiança (54), vaidade (34), aceitação (26) e superação (23). A análise utilizando a teoria de Moscovici revela que na representação social de "autoestima", homens e mulheres possuem pontos de vista divergentes. As opiniões dos calouros da FOA-2018 remetem a uma veracidade com a realidade. Para os homens prevalece uma manifestação positiva, pois se mostram mais confiantes com seu eu interior, relacionando-a ao sucesso pessoal. Já para as mulheres, a autoestima relaciona-se ao aspecto negativo, visto que possuem uma preocupação excessiva com a vaidade, mostrando-se mais dependentes das opiniões externas.

Descritores: Amor Próprio; Auto Percepção; Sentimentos.


Texto completo:

PDF


Indexação em Base de Dados (Catálogo de Revistas Científicas)
  • BBO - Bibliografia Brasileira de Odontologia
  • BVS – Biblioteca Virtual em Saúde
  • BIREME - Portal de Revistas Científicas em Ciências da Saúde
  • LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe
  • SEER - Diretório de Revistas Brasileiras em SEER
  • DIADORIM - Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras
  • PKP - Public Knowledge Project
  • SCHOLAR GOOGLE