A utilização da Pista Direta de Planas no tratamento precoce da mordida cruzada posterior: relato de caso

Artênio José Isper Garbin, Bruno Wakayama, Tânia Adas Saliba Rovida, Cléa Adas Saliba Garbin

Resumo


A mordida cruzada posterior é considerada a mais prevalente dentre as oclusopatias,  e, se não tratada precocemente pode acarretar em alterações craniofaciais significantes na fase adulta, comprometendo toda a estrutura estomatognática. Objetivou-se relatar dois casos clínicos de mordida cruzada posterior funcional, com a utilização das Pistas Diretas de Planas como tratamento, a fim de determinar sua eficácia e estabilidade oclusal. O 1º caso clínico refere-se a uma paciente de 6 anos, com mordida cruzada posterior funcional unilateral esquerda e desvio de linha média. Em vista ao protocolo da Reabilitação Neuroclusal e a utilização das Pistas Diretas de Planas como tratramento, foram realizadas as remoções dos contatos prematuros dos dentes 64 e 65. Em seguida foram confeccionadas as Pistas Diretas Planas nos respectivos dentes, em planos inclinado a fim de determinar a correta estimulação neuromuscular e promover o equilibrio funcional do sistema estomatognático.  Após 63 dias  houve a correção da mordida cruzada e o caso foi acompanhado por 2 anos. O 2º caso clínico  refere-se a uma paciente de 3 anos, com mordida cruzada posterior funcional unilateral direita e desvio de linha média. Seguiu-se o mesmo protocolo de tratamento com a Reabilitação Neuroclusal e confeção das Pistas Diretas de Planas descritos no caso 1, e após 95 dias houve a correção da mordida cruzada posterior e o acompanhamento foi de 2 anos. Conclui-se que as Pistas Diretas de Planas foram eficazes nas correções das mordidas cruzadas posteriores nos dois casos relatados, garantindo a harmonia oclusal e a sua estabilidade após o tratamento.

Descritores: Má Oclusão; Ajuste Oclusal; Diagnóstico Precoce.


Texto completo:

PDF

Referências


Primozic J, Richmond S, Kau CH, Zhurov A , Ovsenik M .Three-dimensional evaluation of early crossbite correction: a longitudinal study. Eur J Orthod 2013 Feb; 35(1):7-13.

Garbin AJI, Wakayama B, Santos RR, Rovida TAS, Garbin CAS. Pistas Diretas Planas para o tratamento de mordida cruzada posterior. Rev Cubana Estomatol 2014; 51(1):113-20.

Locks A, Weissheimer A, Ritter DE, Ribeiro GLU, Menezes LM, Carla D’Agostini Derech CD, et al. Mordida cruzada posterior: uma classificação mais didática. R Dental Press Ortodon Ortop Facial 2008 Mar/Abr; 13(2):146-158.

Thilander B1, Bjerklin K. Posterior crossbite and temporomandibular disorders (TMDs): need for orthodontic treatment? Eur J Orthod. 2012 Dec; 34(6):667-73.

Kwak YY, Jang I, Cho DS, Chai BK. Functional evaluation of orthopedic and orthodontic treatment in a patient with unilateral posterior crossbite and facial asymmetry. Coreano J Orthod 2014 May; 44(3):143-53.

Primozic J, Richmond S, Kau CH, Zhurov A , Ovsenik M .Three-dimensional evaluation of early crossbite correction: a longitudinal study. Eur J Orthod 2013 Feb; 35(1):7-13.

Rosa GN, Del Fabro JP, Tomazoni F, Tuchtenhagen S, Alves LS, Ardenghi TM. Association of malocclusion, happiness, and oral health-related quality of life (OHRQoL) in schoolchildren. J. Public. Health. Dent. 2015 Jul. doi: 10.1111/jphd.12111.

Proffit WR. The timing of early treatment: an overview. Am J Orthod Dentofacial Orthop 2006 Apr; 129(4):47-9.

Chibinski ACR, Czlusniak GD, Melo MD. Pistas diretas planas: terapia ortopédica para correção de mordida cruzada funcional. R Clin Ortodon Dental Press 2005; 4(3):64-72.

Planas P. Reabilitação Neuroclusal. 2 ª ed. Rio de Janeiro: Medsi;1997.

Garbin AJI, Wakayama B, Rovida TAS, Garbin CAS. Reabilitação neuroclusal como tratamento da mordida cruzada posterior: relato de caso. Braz J Surg Clin Res 2015 Jul; 11(4):21-24.

Oliveira CM, Sheiham A. Orthodontic treatment and its impact on oral health-related quality of life in brazilian adolescents. J Orthod 2004 mar; 31(1):20-7.

Dimberg L, Arnrup K, Bondemark L. The impact of malocclusion on the quality of life among children and adolescents: a systematic review of quantitative studies. Eur J Orthod 2015 Jun; 37(3):238-247.

Simões W. Ortopedia Funcional dos Maxilares Através da Reabilitação Neuro-Oclusal. 3ºed. Artes médicas; 2003.

Albuquerque Neto AD, Sampaio TRC, SantoS DLP, Nogueira Filho LLT, Laureano Filho JR, Nogueira PTBC. Expansão rápida maxilar cirurgicamente assistida com o uso de distrator ósseo-ancorado: relato de caso. Braz. J. Surg. Clin. Res 2015; 11(1):24-7.

Gribel MN. Planas Direct Tracks in the early treatment of unilateral crossbite with mandibular postural deviation: Why worry so soon? World J Orthod 2002;3:239-49.

Ramirez-Yañez GO. Planas direct tracks for early crossbite correction. J. Clin. Orthod 2003 jun;37(6):294-8.

Chibinski ACR, Czlusniak GD. Evaluation of treatment for functional posterior crossbite ofthe deciduous dentition using Planas’ direct tracks. Indian J Dent Res 2011; 22(5):654-58.

Castro LO, Valladares-Neto J, Estrela C. Prevalência de Maloclusão em Indivíduos que Solicitaram Tratamento Ortodôntico na Rede Pública de Saúde. Rev Odontol Bras Central 2010;19(51):223-326.




DOI: http://dx.doi.org/10.21270/archi.v5i4.1326

Indexação em Base de Dados (Catálogo de Revistas Científicas)
  • BBO - Bibliografia Brasileira de Odontologia
  • BVS – Biblioteca Virtual em Saúde
  • BIREME - Portal de Revistas Científicas em Ciências da Saúde
  • LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe
  • SEER - Diretório de Revistas Brasileiras em SEER
  • DIADORIM - Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras
  • PKP - Public Knowledge Project
  • SCHOLAR GOOGLE