Análise bibliométrica do uso de células-tronco em pesquisas odontológicas

Jéssica Gomes Alcoforado de Melo, Diego Moura Soares

Resumo


As pesquisas com células-tronco, seja de origem dental ou não, vêm crescendo na área da odontologia nos últimos anos em decorrência das possibilidades terapêuticas que a utilização desse tipo celular oferece. Este estudo visa demonstrar um panorama brasileiro das pesquisas com células-tronco realizadas no país por pesquisadores da área da odontologia nos anos de 2014 até 2018, com base nos anais de trabalhos apresentados nas Reuniões Anuais da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica (SBPqO). Foi analisado aspectos como tipo de instituição, se as pesquisas foram financiadas e qual a agencia de fomento, tipo de estudo, estado e região que desenvolveu a pesquisa, tipo de célula e fonte da célula-tronco utilizada. Foram analisados um total de 15,214 resumos, deste total 96 estudos foram incluídos por se enquadrarem com os critérios de inclusão. A região Sudeste foi responsável por 65,7% dessa produção. As pesquisas realizadas nas instituições estaduais representaram 42,7% da produção nacional e 59,4% dos trabalhos foram financiados. As células-tronco humanas foram o tipo mais utiilizado, especialmente as originadas da polpa dentária (25%). Conclui-se que há uma escassez da produção científica voltada para as células-tronco na odontologia, bem como a necessidade de descentralização dessa produção nas demais regiões brasileiras.

Descritores: Células-Tronco; Odontologia; Pesquisa em Odontologia.

Referências

  1. Gronthos S, Mankani M, Brahim J, Robey PG, Shi S. Postnatal human dental pulp stem cells (DPSCs) in vitro and in vivo. Proc Natl Acad Sci USA.2000;97(25):13625-630.
  2. Freshney IR, Stacey GN, Aurebach JM. Culture of human stem cells: culture of specialized cells. New York: Wisley-Liss; 2007.
  3. Serakinci N, Keith WN. Therapeutic potential of adult stem cells. Eur J Cancer.2006;42(9):1243-46.
  4. Bianco P, Riminucci M, Gronthos S, Robey PG. Bone marrow stromal stem cells: nature, biology, and potential applications. Stem Cells.. 2001;19(3):180-92.
  5. Mvula B, Mathope T, Moore T, Abrahamse H. The effect of low-level laser irradiation on adult human adipose-derived stem cells. Lasers Med Sci. 2008;23(3):277-82.
  6. Kern S, Eichler H, Stoeve J, Klüter H, Bieback K. Comparative analysis of mesenchymal stem cells from bone marrow, umbilical cord blood, or adipose tissue. Stem Cells. 2006; 24(5):1294-301.
  7. Slack JM. Stem cell in epithelial tissue. Science. 2000; 287:1431-33.
  8. Miura M, Gronthos S, Zhao M, Lu B, Fisher LW, Robey PG et al. SHED: stem cells from human exfoliated deciduous teeth. Proc Natl Acad Sci USA.2003; 100(10):5807-12.
  9. Chen SC, Marino V, Gronthos S, Bartold PM. Location of putative stem cells in human periodontal ligament. J Periodontal Res. 2006; 41(6):547-53.
  10. Nuti N, Corallo C, Chan BMF, Ferrari M, Gerami-Naini B. Multipotent differentiation of human dental pulp stem cells: a literature review. Stem Cell Rev. 2016;12(5):511-523.
  11. Barboza CAG, Ginani F, Soares DM, Henrique ACG, Freitas RA. Low-level laser irradiation induces in vitro proliferation of mesenchymal stem cells. Einstein (São Paulo) 2014;12(1):75-81.
  12. Soares DM, Ginani F, Henriques AG, Barboza CAG. Effects of laser therapy on the proliferation of human periodontal ligament stem cells. Lasers Med Sci. 2015;30(3):1171-74.
  13. Ginani F, Soares DM, Rabêlo LM, Rocha HAO, Souza LB, Barboza CAG. Effect of a cryopreservation protocol on the proliferation of stem cells from human exfoliated deciduous teeth. Acta Odontol Scand. 2016;74(8):598-604.
  14. Maciel MMSA, Silva KBN, Melo JGA, Soares DM. Metodologia ativa aplicada ao ensino odontológico: um panorama nacional a partir de um estudo bibliométrico. Arch Health Invest. 2019;8(2):74-78.
  15. Melo NB, Fernandes Neto JA, Catão MHCV, Bento PM. Metodologia da Problematização e Aprendizagem Baseada em Problemas na Odontologia: análise bibliométrica dos trabalhos apresentados nas Reuniões da SBPqO. Revista da ABENO 2017;17(2):60-7.
  16. Xavier AFC, Silva ALO, Cavalcanti AL. Análise da produção científica em Odontologia no nordeste brasileiro com base em um congresso odontológico. Arq Odontol.2011;47(3):127-34.
  17. Aquino SN, Martelli DR, Bonan PRF, Laranjeira AL, Martelli Júnior H. Produção  científica odontológica e relação com agências de financiamento de pesquisa. Arq Odontol. 2009; 45(3):142-46.
  18. Pontes KT, Silva EL, Macedo Filho RA, Silva DR, Lima FJ. Estudo bilbiométrico da produção científica em endodontia. Arch Health Invest. 2017;6(9):435-38.
  19. Soares DM, Maciel MMSA, Figueiredo-Filho A, Melo JGA. Brazilian scientific production in periodontics: a national panorama from a bibliometric study. Rev Clin Periodoncia Implantol Rehabil Oral. 2019;12(2):66-9.
  20. Taumaturgo VM, Vasques EFL, Figueiredo VMG. A Importância Da  Odontologia Nas Pesquisas  Em Células-Tronco. Rev Bahiana Odontol. 2016;7(2):166-71.
  21. Primo BT, Grazziotin-Soares R, Bertuzzi D, Claudy MP, Hernandez PAG, Fontanella VRC. Produção científica da ULBRA: análise do número e do delineamento das pesquisas publicadas nos suplementos da Brazilian Oral Research (SBPqO). Stomatos. 2010;16(31):69-76.
  22. Zorzanelli RT, Speroni AV, Menezes RA, Leibing A. Pesquisa com células-tronco no Brasil: a produção de um novo campo científico. Hist ciênc saúde-Manguinhos 2017;24(1):129-44.
  23. Lan X, Sun Z, Chu C, Boltze J, Li S. Dental Pulp Stem Cells: An Attractive Alternative for Cell Therapy in Ischemic Stroke. Front Neurol. 2019;10:824.
  24. Aydin S, Sahin F. Stem cells derived from dental tissues. Adv Exp Med Biol. 2019;1144:123-32.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21270/archi.v8i12.4790

Indexação em Base de Dados (Catálogo de Revistas Científicas)
  • BBO - Bibliografia Brasileira de Odontologia
  • BVS – Biblioteca Virtual em Saúde
  • BIREME - Portal de Revistas Científicas em Ciências da Saúde
  • LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe
  • SEER - Diretório de Revistas Brasileiras em SEER
  • DIADORIM - Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras
  • PKP - Public Knowledge Project
  • SCHOLAR GOOGLE