OPGr o4o - Análise fotoelástica e extensométrica em overdentures retidas por um ou dois implantes hexágono externo após tração

  • VB Cassucci
  • NS Sanches
  • EC Gaetti-Jardim
  • CM Schweitzer
  • EMM Vieira
  • AC Okamoto
  • E Gaetti-Jardim Jr

Resumo

Desde o advento da antibioticoterapia, marcada resistência a antimicrobianos vem se desenvolvendo, associada à disseminação de diferentes marcadores cromossômicos e plasmidiais, fenômeno que foi associado com a frequência de uso desses fármacos ao redor do mundo. O presente estudo objetivou detectar os principais genes ligados a resistência às tetraciclinas, nitroimidazóis, macrolídeos e β-lactâmicos em populações indígenas tradicionais ou integradas à sociedade não indígena, bem como em brasileiros urbanos. Amostras de biofilme sub e supragengival de 90 brasileiros de 7 etnias da reserva indígena Umutina e 200 indivíduos urbanos do noroeste do estado de São Paulo, mantidas em repositório de amostras clínicas, foram utilizados. A extração do DNA microbiano foi realizada por meio do kit GenElute Bacterial Genomic DNA (Sigma®). A detecção de 9 genes das famílias tet, bla, erm e nim foi realizada em termociclador utilizando-se de condições de amplificação e iniciadores específicos. Os resultados foram comparados com o histórico de utilização de drogas antimicrobianas, dieta, afiliação étnica e distribuição geográfica e analisada através do teste de correlações de Spearman. Os genes da família nim não foram observados, ao passo que tetM e tetO foram observados em 33,3% e 53,3% das amostras indígenas e de 7,1% e 16,3% das amostras de brasileiros não indígenas, respectivamente. As frequências de detecção dos genes ligados à produção de β-lactamases de amplo espectro (blaTem e blatCTX-M), observada em 1,1% nos nativos umutina e em 3,1% das amostras de não indígenas, bem como dos marcadores de resistência aos macrolídeos (2,2% dos indígenas e 1% dos não indígenas) foram modestas. Observou-se uma maior ocorrência de marcadores em nativos brasileiros, independentemente do seu modo de vida e dieta, mostrando que a disseminação horizontal e vertical desses determinantes na microbiota é intensa, mesmo em grupos sem histórico de uso generalizado desses fármacos.

Descritores: Resistência Microbiana a Medicamentos; População Indígena; Placa Dentária; Beta-Lactamases; Macrolídeos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-12-30
Como Citar
Cassucci, V., Sanches, N., Gaetti-Jardim, E., Schweitzer, C., Vieira, E., Okamoto, A., & Gaetti-Jardim Jr, E. (2017). OPGr o4o - Análise fotoelástica e extensométrica em overdentures retidas por um ou dois implantes hexágono externo após tração. ARCHIVES OF HEALTH INVESTIGATION, 6. Recuperado de https://archhealthinvestigation.com.br/ArcHI/article/view/2480