Análise comparativa das características microscópicas de tecidos moles peri-implantares entre dois tipos de conexões protéticas

  • Matos JDM, Lima JFM, Vasconcelos JEL, Zogheib LV, Castro DSM

Resumo

O objetivo foi avaliar as características microscópicas do tecido peri-implantar ao redor de dois diferentes tipos de interface protética para implantes. Dez pacientes portadores de prótese sobre implantes do tipo protocolo foram selecionados e divididos em dois grupos, com o grupo I formado por cinco pacientes portadores de implantes com interface do tipo hexágono externo e o grupo II formado por cinco pacientes portadores de implantes com interface do tipo cone morse. Foram coletadas amostras de tecido gengival em contato direto com o componente protético e analisados quanto o grau de organização, presença e intensidade da inflamação e o grau de fibrosamento. O grupo I apresentou um valor médio para a variável hiperplasia de 2.0 enquanto o grupo II apresentou um valor médio de 1.6, na variável fibrosamento o grupo I apresentou um valor médio de 2.2 enquanto o grupo II apresentou uma valor médio de 2.4, na variável intesidade da inflamação, o grupo I apresentou um valor médio de 0.4 enquanto o grupo II apresentou um valor médio de 2.0, quando foi avaliada a interação das três variáveis em conjunto, o grupo I apresentou um valor médio de 4.6, enquanto o grupo II apresentou um valor médio de 6.0. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes para as variáveis estudadas. Com base nos resultados obtidos, não foi possível afirmar que a presente metodologia permite estabelecer que um sistema de implante pode fornecer uma melhor condição ao tecido peri-implantar quando comparado ao outro sistema.

Descritores: Implantes Dentários; Histologia; Gengiva.

Apoio: D.D.S., M.D., Ph.D., Prof. de Prótese Dentária, Departamento de Odontologia – Centro Universitário Christus (UNICHRISTUS), Fortaleza/CE.

Referências

  1. Ackerman AB, Boer A, Bennin B, Gottlieb GJ. Histologic diagnosis of inflammatory skin diseases: an algorithimic method based on pattern analysis. 2th. ed. Baltimore: Williams & Wilkins; 1997.
  2. Adell R, Eriksson B, Lekholm U, Branemark PI, Jemt T.. Long-term follow up study of osseointegrated implants in the treatment of totally edentulous jaws. Int J Oral Maxillofac Implants. 1990; 5(4):347-59.
  3. Adell R, Lekholm U, Rockler B, Branemark PI, Lindhe J, Eriksson B, Sbordone L. Marginal tissue reactions at osseointegrated titanium fixtures: a 3-year longitudinal prospective study. Int J Oral Maxillofac Surg. 1986; 15(1): 39-52.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-10-11
Como Citar
Vasconcelos JEL, Zogheib LV, Castro DSM, M. J. L. J. (2018). Análise comparativa das características microscópicas de tecidos moles peri-implantares entre dois tipos de conexões protéticas. ARCHIVES OF HEALTH INVESTIGATION, 7. Recuperado de https://archhealthinvestigation.com.br/ArcHI/article/view/3262