Influência da repetição do tratamento de superfície e recimentação na rugosidade e resistência de união na interface resina composta/Y-TZP

  • Guerrero GG, Marques AK, Amaral M, Vitti RP, Silva-Concílio LR

Resumo

O objetivo desse trabalho foi avaliar a repetição do tratamento de superfície (TS) e a recimentação na resistência de uniaõ (RU) e rugosidade na interface Y-TZP/resina composta (RC). Trinta amostras de blocos de Y-TZP (Lava) foram divididas de acordo com os TS (n=10): Óxido de Alumínio (OA), Rocatec (R) e Controle (C – sem tratamento), avaliada a rugosidade antes (T1) e após (T2) os TS. Trinta amostras de RC (Z350) foram cimentadas aos blocos Y-TZP, com cimento resinoso (Panavia F), termocicladas e submetidas ao microcisalhamento (M1). As superfícies dos substratos foram novamente tratadas (asperização com broca diamantada fina + profilaxia pedra pomes), sendo que na Y-TZP foram repetidos os TS, de acordo com os grupos, e mensurada a rugosidade (T3), recimentados os substratos e levados ao microcisalhamento (M2). As médias foram calculadas e analisadas estatisticamente (α=0,05). Os resultados evidenciaram que a rugosidade no T1 o grupo R apresentou maior valor (Ra=0,332) diferente estatisticamente quando comparado aos grupos OA (Ra= 0,294) e C (Ra= 0,082), no T2 as diferentes combinações de TS não apresentaram diferença estatística. Quanto a RU no M1 o grupo R apresentou maior valor diferente estatisticamente (30,13) quando comparado aos grupos OA (27,47) e C (23,05), no M2 o grupo R apresentou maior valor diferente estatisticamente R/R (35,64) quando comparado aos grupos OA/OA (25,35) e C (24,09). O retratamento da superfície da Y-TZP não influenciou os valores de rugosidade; quanto a RU a melhor combinação entre os tratamentos preconizados foi a utilização do R no T2.

Descritores: Prótese Dentária; Jateamento; Cerâmica.

Apoio: Bolsa PIBIC - CNPq

Referências

  1. Sarmento HR, Campos F, Sousa RS, Alves MLL, Machado JPB, Souza ROS. Influência de protocolos de jateamento na rugosidade da superfície de uma cerâmica de zircônia tetragonal parcialmente estabilizada por ítria. Pesqui bras odontopediatria clín integr. 2011; 11(02):231-38.
  2. St Germain HA Jr, St Germain TH.  Shear bond strength of porcelain veneers rebonded to enamel. Oper Dent. 2015; 40(3):E112-21.
  3. Hallmann L, Ulmer P, Lehmann F, Wille S, Polonsky O, Johannes M et al. Effect of surface modifications on the bond strength of zirconia ceramic with resin cement resin. Dent Mater. 2016; 32(5):631-39.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-10-11
Como Citar
Amaral M, Vitti RP, Silva-Concílio LR, G. G. M. A. (2018). Influência da repetição do tratamento de superfície e recimentação na rugosidade e resistência de união na interface resina composta/Y-TZP. ARCHIVES OF HEALTH INVESTIGATION, 7. Recuperado de https://archhealthinvestigation.com.br/ArcHI/article/view/3331