Protocolo  clínico para  confecção  de prótese total obturadora: um caso clínico

  • Martins JD, Lima CM, Leite FPP, Melo LA, Almeida EO, Faria JCB, Carreiro AFP

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo principal demonstrar um caso clínico de reabilitação protética maxilofacial após cirurgia oncológica, na qual se fez a retirada de um carcinoma adenoide cístico. Trata-se de um estudo do tipo caso clínico. A priori realizou-se um exame clínico intra e extra oral. Em seguida, foi realizado uma moldagem anatômica, moldagem funcional iniciada com a moldagem da comunicação buco-sinusal, ajuste dos planos de orientação, prova dos dentes em cera e instalação. Como resultado, observou-se que a prótese obturadora é confeccionada de forma semelhante a uma prótese total convencional. No entanto, algumas particularidades ocorrem principalmente nas fases de planejamento e moldagem. Diferentemente da prótese antiga do paciente, a confeccionada neste estudo possuía a porção que vedava a comunicação buco-sinusal oca, o que diminuiu o peso da prótese e melhorou a retenção da mesma. Pode se concluir que é possível obter uma prótese obturadora retentiva e esteticamente satisfatória quando se segue um protocolo clínico e laboratorial adequado para sua confecção.

Descritores: Prótese Dentária; Reabilitação.

Referências

  1. Chen C, Ren W, Gao L, Cheng Z, Zhang L, Li S et al. Function of the obturator prosthesis after maxilectomy and prosthetic obturator rehabilitation. Braz J Otorhinolaryngol. 2016;82(2):177-83
  2. Miracca RAA, Andrade Sobrinho J, Gonçalves, AJ. Reconstrução com prótese imediata após maxilectomia. Rev Col Bras Cir. 2007; 34(5):297-302.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-10-11
Como Citar
Melo LA, Almeida EO, Faria JCB, Carreiro AFP, M. J. L. C. L. F. (2018). Protocolo  clínico para  confecção  de prótese total obturadora: um caso clínico. ARCHIVES OF HEALTH INVESTIGATION, 7. Recuperado de https://archhealthinvestigation.com.br/ArcHI/article/view/3354