A aplicabilidade do smartphone no protocolo fotográfico ortodôntico

  • Maria Eduarda Bueno Galbiate Mioto, Rafael Cid dos Santos, Valéria Cristina Lopes de Barros Rolim

Resumo

O desenvolvimento da tecnologia, conferindo a cada dia maior qualidade às imagens, possibilita que a utilização dos smartphones para fotografia odontológica facilite a comunicação na clínica diária. Protocolos fotográficos são realizados para diagnóstico e acompanhamento clínico pré, trans e pós-tratamento, principalmente pelo profissional ortodontista, na maioria das vezes anexado à documentação, podendo também servir de respaldo jurídico em eventuais processos. Para viabilizar e facilitar a execução de maneira simples e objetiva o smartphone pode ser integrado aos protocolos já existentes. Como opções de equipamentos para fotografar encontram-se câmera profissional e smartphone, e ambos apresentam vantagens e desvantagens. Para discerni-las são necessários conhecimento e informações referentes aos tipos de câmeras, objetivas, flash e demais acessórios, bem como as configurações básicas necessárias para a sua utilização. Foi efetuada uma documentação ortodôntica em um paciente, a partir destas duas ferramentas. O protocolo foi executado utilizando-se a câmera profissional e também utilizando smartphone. O mesmo operador realizou todas as tomadas fotográficas, que posteriormente foram reveladas em papel fotográfico para serem anexadas à documentação. O presente trabalho tem o objetivo de fazer um relato de caso apresentando a aplicabilidade do smartphone no protocolo para obtenção de fotografias odontológicas. 

Descritores: Fotografia; Smartphone; Protocolo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-10-30
Como Citar
Valéria Cristina Lopes de Barros Rolim, M. E. B. G. M. R. C. dos S. (2018). A aplicabilidade do smartphone no protocolo fotográfico ortodôntico. ARCHIVES OF HEALTH INVESTIGATION, 7. Recuperado de https://archhealthinvestigation.com.br/ArcHI/article/view/3669