Relação entre condição de estresse emocional e presença de inflamação gengival em mulheres

  • Júlia Tavares Palmeira Graduanda em Odontologia, Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, 58428-830 Patos – PB, Brasil
  • Itamar da Silva Nunes Cirurgião-Dentista, Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, 58428-830 Patos – PB, Brasil
  • Waleska Fernanda Souto Nóbrega Doutoranda em Clínicas Odontológicas, PPGO/ Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, 58429-500 Campina Grande – PB, Brasil
  • Joao Nilton Lopes de Sousa Professor Doutor do curso de Odontologia, Universidade Federal de Campina Grande– UFCG, 58428-830 Patos – PB, Brasil
Palavras-chave: Estresse, Mulher, Periodontia

Resumo

Condições sistêmicas do hospedeiro, entre estas, os hormônios sexuais, tem sido apontadas como fator relevante que pode influenciar a patogênese das doenças periodontais. O presente trabalho objetivou avaliar o índice de prevalência de inflamação gengival em mulheres a partir de 30 anos em condição de estresse emocional atendidas na clínica escola de Odontologia da UFCG. Ao fim, foram incluídas no estudo o equivalente a 115 fichas de mulheres atendidas na disciplina de Periodontia em clínica multidisciplinar entre Maio de 2012 e Fevereiro de 2014. Foi realizada análise multivariada através da Correlação de Pearson através do software SPSS versão 22.0. Foi verificado que 90% da amostra possuía características de inflamação gengival. O resultado da equação apresentou valor igual a um, indicando que há uma correlação linear positiva perfeita – maior valor que pode ser apresentado entre o estresse e a inflamação gengival.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Santos JF, Pillon FL. A influência dos hormônios sexuais femininos sobre a manifestação clínica das doenças periodontais: revisão de literatura. Periodontia. 2009;19(3):34-40.

Mascarenhas P, Gapski R, Al-Shammari K, Wang HL. Influence of sex hormones on the periodontium. J Clin Periodontol. 2003;30(8):671-81.

Güncü GN, Tözüm TF, Cağlayan F. Effects of endogenous sex hormones on the periodontium--review of literature. Aust Dent J. 2005;50(3):138-45

Spezzia S. Interrelationship between Sex Hormones and Periodontal Diseases in Women. Periodontia. 2016;26(2):40-7.

Domingos AL. A influência do estresse psicológico na doença periodontal: uma revisão de literatura [monografia]. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); 2016.

Balderrama IF, et al. Are salivary markers sufficient to correlate psychological stress and periodontal disease? Narrative review of literature. Periodontia. 2017;27(2):67-74.

Costa ICC. Atenção odontológica à gestante na triangulação médico- dentista-paciente [tese]. Araçatuba: Programa de Pós-Graduação em Odontologia Preventiva e Social (UNESP); 2000.

Figueiredo Filho DB, Silva Júnior JA. Desvendando os Mistérios do Coeficiente de Correlação de Pearson (r)*. Rev Política Hoje. 2009;18(1):115-46.

Segundo AS, Semenoff TDV, Bosco AF, Biazoli ER, Ribeiro RV, Rocatto GEGD et al. Efeito do estresse crônico na progressão da periodontite induzida por ligadura em ratos. R Periodontia. 2007;17(3):62-6.

Newman MG, et al. Periodontia Clínica. 10. ed. Rio de Janeiro: Elsevier; 2007.

Jönsson D. The biological role of the female sex hormone estrogen in the periodontium--studies on human periodontal ligament cells. Swed Dent J Suppl. 2007;(187):11-54.

Markou E, Eleana B, Lazaros T, Antonios K. The influence of sex steroid hormones on gingiva of women. Open Dent J. 2009;3:114-9.

Koreeda N, Iwano Y, Kishida M, Otsuka A, Kawamoto A, Sugano N, Ito K. Periodic exacerbation of gingival inflammation during the menstrual cycle. J Oral Sci. 2005;47(3):159-64.

Johannsen A, Rydmark I, Söder B, Asberg M. Gingival inflammation, increased periodontal pocket depth and elevated interleukin-6 in gingival crevicular fluid of depressed women on long-term sick leave. J Periodontal Res. 2007;42(6):546-52.

Krejci CB, Bissada NF. Women's health issues and their relationship to periodontitis. J Am Dent Assoc. 2002;133(3):323-29.

Ayub LG, Novaes Júnior AB, Grisi MFM, Souza SLS, Palioto DB, LeitePanassi CRA et al. Estresse como possível fator de risco para a doença periodontal – revisão de literatura. R. Periodontia. 2010;20(3):28-36.

Hugoson A. Gingival inflammation and female sex hormones. A clinical investigation of pregnant women and experimental studies in dogs. J Periodontal Res Suppl. 1970;5:1-18.

Axelsson P, Lindhe J, Wäseby J. The effect of various plaque control measures on gingivitis and caries in schoolchildren. Community Dent Oral Epidemiol. 1976;4(6):232-39.

de Liefde B. The dental care of pregnant women. N Z Dent J. 1984;80(360):41-3.

Justo MP, Jardim Junior EG, Schweitzer CM. Estresse, depressão e imunidade a infecções. Arch Health Invest 2017;6(Spec Iss 4):42.

Publicado
2021-04-07
Como Citar
Palmeira, J. T., Nunes, I. da S., Nóbrega, W. F. S., & de Sousa, J. N. L. (2021). Relação entre condição de estresse emocional e presença de inflamação gengival em mulheres. ARCHIVES OF HEALTH INVESTIGATION, 10(4), 599-603. https://doi.org/10.21270/archi.v10i4.4881
Seção
Original Articles