Protocolos e condutas para diferentes situações clínicas de avulsão de dentes permanentes

  • Luciana de Oliveira Souza Pedrosa Cirurgiã-dentista graduada pelo Curso de Bacharelado em Odontologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde, Campus VIII, 58233 – 000 Araruna – PB, Brasil
  • Adriano Referino da Silva Sobrinho Curso de Bacharelado em Odontologia da Universidade de Pernambuco (UPE) campus Arcoverde, 56512-200 Arcoverde-PE, Brasil
  • Renata de Oliveira Cartaxo Curso de Bacharelado em Odontologia da Universidade de Pernambuco (UPE) campus Arcoverde, 56512-200 Arcoverde-PE, Brasil
Palavras-chave: Traumatismos Dentários, Avulsão Dentária, Reimplante Dentário, Protocolos Clínicos

Resumo

Introdução: O traumatismo dentário é frequente nos serviços de urgência Odontológica. A avulsão dentária, como parte desse grupo de lesões, é comum em crianças e jovens, e possui como principais causas acidentes esportivos e automobilísticos. O cirurgião-dentista deve conhecer os protocolos para conduzir os casos de avulsão dentária, bem como orientar os pacientes sobre como proceder nestas situações. Objetivo: Realizar uma revisão de literatura acerca dos protocolos e condutas em diferentes situações de avulsão dentária. Material e método: Foi realizada uma busca de artigos através dos descritores “Avulsão Dentária”, “Conduta clínica” e “Reimplante dentário” na base de dados da Biblioteca Virtual de Saúde nos idiomas inglês e português, tendo como critérios de inclusão estudos que possuem condutas diante de situações de avulsão. Resultados: O tratamento de escolha para a avulsão dentária é o reimplante do elemento. As condições de armazenamento e tempo fora do alvéolo são fatores decisivos no sucesso do reimplante dentário e este deve ser realizado no local do acidente. Nos casos em que não for possível o reimplante imediato, o elemento dentário deve ser acondicionado em meio adequado para preservar a vitalidade pulpar e do ligamento periodontal. O reimplante tardio pode ser uma alternativa para os casos onde objetiva-se a preservação do osso alveolar para posterior implante dentário. Conclusão: Ressalta-se a necessidade de discussão sobre o tema entre cirurgiões dentistas, profissionais da saúde e da educação, a fim de disseminar conhecimento e contribuir para a adoção de melhores condutas frente a casos de avulsão dentária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Andersson L, Andreasen JO, Day P, Heithersay G, Trope M, Diangelis AJ et al. Guidelines for the Management of Traumatic Dental Injuries: 2. Avulsion of permanente teeth. Pediatr Dent. 2017;39:412-19.

Antunes DP, Chaoubat A, De Paula MVQ, Salgado I De O, Coelho L Da GC. Conhecimento de cirurgiões-dentistas sobre condutas clínicas nas avulsões e reimplantes dentários: estudo piloto. HU Rev. 2012;38:45-51.

Souza BLM, Lopes PH De S, Nogueira EF De C, Torres BCA. Manejo de trauma dentoalveolar atípico: relato de caso. Rev cir traumatol buco-maxilo-fac.2013;13:45-50.

Xavier CB, De Faria GD, Vogt BF, Collares KF, Dickel R. Estudo dos traumatismos alvéolos – dentários em pacientes atendidos em um setor de Cirurgia e Traumatologia Buco–Maxilo–Facial. Rev Gauch Odontol. 2011;59:565-70.

Trigueiro M, Costa MMT De M, De Souza ICG, Leitão GLNC, Ortega A De OL. Avulsão dentária: efeito da informação na mudança de comportamento dos professores do ensino fundamental. ROBRAC. 2015;24:57-61.

Xavier CB, Soldati, DC, Barbin EL. Manejo das avulsões dentárias traumáticas em dentição permanente: elementos para diagnóstico, tratamento e proservação. PECOS. 2010;1(1):1-14.

Moradian H, Badakhsh S, Rahimi M, Hekmatfar S. Replantation of an avulsed maxillary incisor after 12 Hours: three-year follow-up. Iranian Endod J. 2013;8:33-6.

Rebouças PD, Moreira-Neto JJS, Sousa DL. Fatores que Influenciam no Sucesso do Reimplante Dental. Publicatio UEPG. 2013;19:31-7.

Mesquita GCM, Soares PBF, Moura CCG, Roscoe MG, Paiva SM, Soares CJ. A 12-Year Retrospective Study of Avulsion Cases in a Public Brazilian Dental Trauma Service. Braz Dent J. 2017;28:749-56.

Coste SCC, Silva EF, Santos LCM, Ferreira DAB, Côrtes MIS, Colosimo EA et al. Survival of Replanted Permanent Teeth after Traumatic Avulsion. J Endod; 2020;46:370-75.

Endo MS, Kitayama VS, Queiroz AF, Pavan AJ, Pavan NNO. Conhecimento de leigos sobre a conduta emergencial frente à avulsão dental. Arq MUDI. 2014;18:65-74.

Lubaszewski VPA, Raldi DP, Pinto CA, Habitante SM. Avaliação da conduta emergencial em casos de avulsão dentária antes e após palestras educativas. Clín Pesq Odontologia UNITAU. 2015;7:9-19.

Bruno KF, De Souza BL, De Oliveira DA, De Castro FLA. Conhecimento de profissionais de Educação Física frente ao tratamento emergencial de dentes permanentes avulsionados. Rev Odontol UNESP. 2012;41:267-72.

Victorino FR, Gottardo VD, Zadetto Junior R, Moreschi E, Zamponi M, Trento CL. Reimplante de dentário para o tratamento de Avulsão Dentária: Realato de caso clínico. Rev Assoc Paul Cir Dent. 2013;67:202-6.

Curylofo PA, Lorencetti KT, Silva, SRC. Avaliação do conhecimento de professores sobre avulsão dentária. Arq Odontol. 2012;48:175-80.

Costa LED, Queiroz F De S, Nóbrega CBC, Leite MS, Nóbrega WFS, De Almeida ER. Trauma dentário na infância: avaliação da conduta dos educadores de creches públicas de Patos–PB. Rev Odontol UNESP. 2014;43: 402-8.

Cosme-Silva L, Fernandes LA, Rosselli ER, Poi WR, Martins N Da S, Lima DC. Tooth injuries: knowledge of parentes of public school students from the city of Alfenas, Minas Gerais, Brazil. Dent Traumatol. 2018;34:93-9.

Antunes DP, Gonçalves MA, Antunes DP, De Paula MVQ, Leite FPP, Chaves M Das GA De M. Conhecimento dos Cirurgiões–Dentistas Sobre Avulsão Dentária. UNOPAR Cient Ciênc biol saúde. 2013;15:5-8.

Silva CAM, Leite G De S, Pastoriza PSR, Ferreira JMS, Guaré R De O. Conduta dos odontopediatras e clínicos gerais diante de uma avulsão traumática na dentição decídua. Odontologia. 2014;22:43-51.

Qian H, Ding Y, Wu Y, Li S. The effects os threen modified Hank’s balanced salt solutions on root resorption of late replanted teeth. A pilot study. J Craniomaxillofac Surg. 2018;46:808-14.

Poi WR, Sonoda CK, Martins CM, Melo ME, Pellizzer EP, De Mendonça MR, et al. Storage media for avulsed teeth: a literature review. Braz Dent J. 2013;24:437-45.

Sayão Maia SAM, Travassos RMC, Mariz EB, Macêdo S Do M, De Alencar TA. Conduta clínica do cirurgião-dentista ante a avulsão dental: Revisão de literatura. RSBO. 2006;3:41-7.

Osmanovic A, Halilovic S, KurtovicKozaric A, Hadziabdic N. Evaluation of periodontal ligament cell viability in different storage media based on human PDL cell culture experiments. A systematic review. Dent Traumatol. 2018;34:384-93.

Monteiro JES, De Sousa RV, Firmino RT, Granville-Garcia AF, Ferreira JMS, Menezes VA. Conhecimento de acadêmicos de Educação Física sobre avulsão e o reimplante dentário. RFO UPF. 2012;17:131-36.

Peixoto AC, Melo AR, Santos, TS. Transplante Dentário: Atualização da literatura e relato de caso. Rev cir traumatol buco-maxilo-fac. 2013;13:75-80.

Wang G, Wang C, Qin M. A retrospective study of survival of 196 replanted permanente teeth in childre. Dent Traumatol. 2019;35:251-58.

Diangelis, AJ, Bakland, LK. Traumatic dental injuries: Current treatment concepts. JAMA. 1998;129:1401-414.

Albuquerque YT, Rosell FL, Tagliaferro EP Da S, Da Silva SRC. Conhecimento das mães sobre os procedimentos de emergência nos casos de avulsão dentária. RFO UPF. 2014;19:159-65.

Siqueira AC, Gonçalves PE. Avulsão dentária traumática acidental: Cuidados odontológicos para o reimplante. Rev FOL Fac Odontol Lins/UNIMEP. 2012;22:47-53,.

Hamanaka EF, Silva VF, Poi WR, Brandini DA, Panzarini SR. Use of systemic antibiotic therapy after the replantation of avulsed permanent teeth: a literature review. Braz Dent Sci. 2017;20:12-6.

Kostka E, Meissner S, Finke CH, Mandirola M, Preissner S. Multidisciplinary Treatment of Tooth Avulsion Considering Different Therapy Concepts. Open Dent J. 2014;8:180-83.

Flores MT, Andersson L, Andreasen JO, Bakland LK, Malmgren B, Barnett F, et al. Guidelines for the management of traumatic dental injuries. II. Avulsion of permanent teeth. Dental Traumatology. 2007;23:130-36.

Najeeb S, Siddiqui F, Khurshid Z, Zohaib S, Zafar MS, Ansari AS. Effect of biphosphonates on root resorption after tooth replantation – a systematic review. Dent Traumatol. 2017;33:77-83.

Lou Q, Zhu Y, Wang X. Fourteen Years After Delayed Replantation of na Avulsed Permanent Tooth: Clinical Features and Outcomes. J Craniofac Surg. 2019;30:692-94.

Veras SRA, Bem JSP, Almeida ECB, Lins CCSA. Dental splints: types and time if immobilization post tooth avulsion. J Istanb Univ Fac Dent. 2017;51:69-75.

Pozo PP, Soto MJB, Troisfontaines ESE. Antibiotic prophylaxia in pediatric odontology. Ana update. Med Oral Patol Oral Cir Bucal. 2006;11:352-57.

Rodrigues TLC, Rodrigues FG, Rocha JF. Avulsão Dentária: Proposta de Tratamento e Revisão de Literatura. Rev Odontol Univ São Paulo. 2010;22:147-53.

Spinas E, Generali L, Mameli A, Demontis C, Martinelli D, Giannetti L. Delayed tooth replantation and inflammatory root resorption in childhood and adolescence. J Biol Regul Homeost Agents. 2019;33(2):623-27.

Andreasen JO, Andeasen FM. Fundamentos de traumatismo dental. 2. ed. Porto Alegre: Artmed; 2001.

Ishida AL, Endo MS, Kitayama VS, Pavan AJ, Queiroz AF, Pavan NNO. Avulsão dentária e fatores relacionados ao prognóstico: estudo retrospectivo de 13 anos. Arq MUDI. 2014;18:17-28.

Publicado
2021-06-21
Como Citar
Pedrosa, L. de O. S., da Silva Sobrinho, A. R., & Cartaxo, R. de O. (2021). Protocolos e condutas para diferentes situações clínicas de avulsão de dentes permanentes. ARCHIVES OF HEALTH INVESTIGATION, 10(6), 1015-1021. https://doi.org/10.21270/archi.v10i6.5024
Seção
Original Articles