Ortodontia pré-protética e terapia bioprogressiva de Ricketts: relato de casos

Palavras-chave: Ortodontia, Reabilitação Bucal, Má Oclusão, Movimentação Dentária

Resumo

Atualmente tem se discutido a importância do planejamento multidisciplinar no tratamento reabilitador do paciente. Neste sentido, a abordagem do tratamento ortodôntico, pregresso a uma reabilitação oral com implantes dentários e próteses são questões que devem ser esclarecidos para o melhor prognóstico do paciente. O objetivo deste estudo foi relatar dois casos clínicos de intervenções ortodônticas pré-protéticas baseada na filosofia bioprogressiva de Ricketts, e discutir sua importância frente às possibilidades funcionais e estéticas reabilitadoras. Os casos relatados referem-se a pacientes com perdas de dentes anteriores e/ou posteriores que foram encaminhados ao tratamento ortodôntico pré-protético. Nas três situações, os pacientes faziam uso de próteses parciais removíveis. Baseado nisso, e em consonância à filosofia de bioprogressiva pela individualização do tratamento com movimentos biológicos, leves e controlados, foram incluídos nessas estruturas protéticas tornos expansores e retentores palatinos como artifícios para a mecanoterapia. Os protocolos instituídos foram as ativações dos tornos inicialmente nas consultas mensais, e posteriormente, a cada quinze dias pelos pacientes. Após a expansão adquirida, foram colados os braquetes nos demais dentes, e instaurado mecânica fixa para nivelamento, alinhamento e correção das posições dentárias. Neste momento foram utilizados o Arco Base Inferior, bem como outras alças para movimentações dentárias, baseado nos princípios da bioprogressiva. Conclui-se que a filosofia de Ricketts no tratamento prévio à reabilitação oral mostrou-se eficaz e indicativo. Além disso, ressalta-se que o tratamento ortodôntico pré protético é de grande relevância para a devolução da estética e função do sistema estomatognático do paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Melo M, Ata-Ali J, Ata-Ali F, Bulsei M, Grella P, Cobo T, Martínez-González JM. Evaluation of the maxillary midline, curve of the upper lip, smile line and tooth shape: a prospective study of 140 Caucasian patients. BMC Oral Health. 2020 Feb 6;20(1):42.

Delalíbera HVC, Silva MC, Pascotto RC, Terada HH, Terada RSS. Avaliação estética de pacientes submetidos a tratamento ortodôntico. Acta Sci Health Sci. 2010;32(1):93-100.

Vargas AMD, Paixão HH. Perda dentária e seu significado na qualidade de via de adultos usuários de serviço público de saúde bucal do Centro de Boa Vista, em Belo Horizonte. Cienc saude coletiva. 2005; 10(4):1015-1024.

Perin L, Brondani LP, Studzinki C, Barbon FJ, Casalli JL. Análise da percepção da estética do sorriso entre cirurgiões dentistas de diferentes especialidades. Full Dent. Sci. 2018;9(36):111-16.

Al-Johany SS, Alqahtani AS, Alqahtani FY, Alzahrani AH. Evaluation of different esthetic smile criteria. Int J Prosthodont. 2011 Jan-Feb;24(1):64-70. Erratum in: Int J Prosthodont. 2011;24(2):103.

Câmara CA. Estética em ortodontia: seis linhas horizontaisdo sorriso. Dental Press J Orthod. 2010; 15(1):118-31

Ferrando-Magraner E, García-Sanz V, Bellot-Arcís C, Montiel-Company JM, Almerich-Silla JM, Paredes-Gallardo V. Oral health-related quality of life of adolescents after orthodontic treatment. A systematic review. J Clin Exp Dent. 2019;11(2):e194-e202.

Pedroso JF, Lima DR, Lima FR, Panizato R. Multidisciplinary treatment: association among orthodontics, implantodontia and prosthetics. Case report. Braz Dent Sci. 2018;21(3):357-63.

Pelizzari D, Dallanora LJ, Rebelato C, Varela RF, Luthi LF. Reabilitação protética auxiliada por técnicas de mo- vimentação ortodôntica – revisão de literatura. ACBS U&C. 2012;3(1):95-104

Garbin AJI, Grieco FAD, Rossi LB. Ortodontia de visão. Ribeirão Preto: Editora Tota; 2016.

Garbin AJI, Wakayama B, Teruel GP. Tratamento da classe II divisão 1 – uma abordagem terapêutica com a mecânica bioprogressiva e arco seccionado de forças paralelas. Rev. UNINGÁ, 2019;56(S3):71-83.

Alfallaj H. Pre-prosthetic orthodontics. Saudi Dent J. 2020;32(1):7-14.

Rosa M, Zachrisson BU, Integração da Ortodontia (Fechamento de Espaço) e da Odontologia Estética no Tratamento de Pacientes com Agenesia de Incisivos Laterais Superiores. R Clin Ortodon Dental Press. 2002;1(1):41-55.

Cruz FLG, Reis JRG, Teixeira VCF, Vieira ID, Ribeiro CG, ASSIS, NMSP. Implantodontia estética na região anterior da maxila - pilar metálico ou cerâmico? Uma revisão da literatura. Rev Bras Implant. 2010;17(1):8-11.

Terra GTC, Domingos VBTC. Prótese livre de metal sobre implante. J Biodentistry Biomater. 2011;1:68-75.

Fernandes-Costa A, Vasconcelos M, Queiroz L, Barboza C, Vasconcelos R. As principais modificações orais que ocorrem durante o envelhecimento. Rev Bras Ciênc Saúde. 2013;17(3):293-300.

Meira IA, Martins ML, Maciel PP, Cavalcanti YW, Araújo TP, Piagge CSLD. Multidisciplinaridade no cuidado e atenção à saúde bucal do idoso. Rev Ciênc Med. 2018;27(1):39-45.

Garbin AJI, Wakayama B, Martin IM. Filosofia Bioprogressiva de Ricketts e Arco Seccionado de Forças Paralelas no tratamento da Classe II: relato de caso. Arch Health Invest. 2020;9(1):49-54.

Almeida RR, Bonfante G, Neto GI, Almeida MR. A inter-relação ortodontia e prótese: apresentação de um caso clínico. R Dental Press Ortodon Ortop Facial 1997; 4:13-9.

Valle-Corotti KM, Valle CVM, Neves LS, Henriques JFC, PInzan A. A ortodontia na atuação odontogeriátrica. Rev Dent Press Ortodon Ortop Facial. 2008; 13(2):84-93.

Claro CAA, Abraão J, Reis SAB, Laganá DC. Stress distribution in a photoelastic model resulting from intrusion of mandibular incisors using Ricketts utility arch. Dental Press J Orthod. 2011 Sept-Oct;16(5):89-97.

Figueiredo MA, Figueiredo CTP, Nobuyasu M, Gondo GY, Siqueira DF. A versatilidade clínica do arco utilidade. R Dental Press Ortodon Ortop Facial 2008;13(4):127-56.

Aranha MF, Garbin AJI, Grieco FAD, Guedes Pinto E, Mendonça MR. Utilização dos arcos seccionados para o tratamento da má oclusão classe II, divisão 2. Rev clín ortodon Dental Press. 2010;9(3):51-6.

Lemos RT, Mahmound RH, Grieco FAD, Garbin AJI, Guedes-Pinto E. Tratamento da má oclusão de Classe II segundo a terapia bioprogressiva: relato de caso clínico. Rev clín ortodon Dental Press. 2009;8(3):82-9.

Sahad MG, Grieco FAD, Cartaxo ZBP, Guedes Pinto E, Prokopowitsch I, Toshie A. Tratamento da má oclusão de Classe II, subdivisão direita, segundo a terapia bioprogressiva. Rev clín ortodon Dental Press. 2012; 11(1):92-7.

Publicado
2021-01-07
Como Citar
Garbin, A. J. I., Wakayama, B., Batista, J. A., & Saliba, T. A. (2021). Ortodontia pré-protética e terapia bioprogressiva de Ricketts: relato de casos. ARCHIVES OF HEALTH INVESTIGATION, 10(1), 59-66. https://doi.org/10.21270/archi.v10i1.5121
Seção
Original Articles